Os desconfortos causados pela falta de lubrificação ocular podem variar: coceira, ardência, dor, irritação, olhos vermelhos, visão turva e sensação de corpos estranhos. Muitas vezes, esses sintomas são diagnosticados pelos médicos como síndrome do Olho Seco, que pode ter uma causa cada vez mais comum: o uso excessivo de computadores e outros dispositivos eletrônicos. 

Créditos: sezer66/iStock

Exposição frequente a telas torna o olho seco e causa dor

Comuns em adultos e com aumento recente da incidência em crianças --que fazem uso de vídeo games, computadores, tablets e celulares, cada vez mais cedo-- a síndrome ocorre devido à diminuição nas piscadas, quando os olhos ficam expostos e focados em telas, o que causa menor lubrificação ocular.

Os fatores agravantes são a baixa luminosidade do ambiente, ar-condicionado ou com pouca ventilação.

A falta de lubrificação ocular deve ser observada para que o problema não se agrave. Uma das funções do filme lacrimal é a nutrição e oxigenação da córnea.

O olho seco, portanto, se não tratado, pode causar complicações que podem comprometer a visão de forma temporária ou definitiva.