O americano Richard H. Thaler, 72 anos, ganhou na última segunda-feira (9) o prêmio Nobel de Economia pelos estudos da economia comportamental.

O prêmio reconhece o trabalho de Thaler, que é professor na Universidade de Chicago (EUA), por integrar a economia e a psicologia, explorando "como as limitações no raciocínio, as preferências sociais e a falta de autocontrole afetam as decisões individuais e as tendências do mercado".

Créditos: Divulgação

Richard Thaler ganhou o Nobel de Economia por suas contribuições para a economia comportamental

A perspectiva de conduta incorpora à economia "uma análise mais realista de como pensam e atuam as pessoas quando estão tomando decisões econômicas", o que ajuda a "desenhar medidas e instituições que aumentam os benefícios para o conjunto da sociedade".

Essa aproximação da economia difere da teoria tradicional, que assumia que as pessoas tinham bom acesso à informação e podiam processá-la de forma correta, algo que em algumas ocasiões se distanciava muito da realidade.

Com informações da EBC e do JB